Viralizou: aniversário ingrato para Filipe Luís, bate-boca de Rafinha e a cornetada de Figo em Luxa

Interminável Magno Alves, Patrick de Paula, PelÉlton e lei do ex com Diego Souza também são destaques; ainda no Flamengo, Bruno Henrique perde gol incrível em derrota para o Atlético-MG
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

O Brasileirão voltou e, com ele, polêmicas, zoeiras e estranhamentos em campo vêm a reboque. A rodada de abertura da Série A, no último fim de semana, foi um prato cheio para isso. Mas, nas finais dos Estaduais, também tiveram capítulos à parte.

Neles, mais uma prova de que o gás de Magno Alves não tem fim assim como a corneta de Luxemburgo com os treinadores estrangeiros. Só que, dessa vez, o comandante do Palmeiras também virou alvo do português Luís Figo.

Bate-boca, presente de grego e gol perdido no Maraca

No gramado do Maracanã, o Flamengo perdeu para o Atlético-MG em um jogo de alta intensidade e, também, de temperatura elevada. Allan não gostou da entrada de Rafinha, que não gostou das palavras do volante do Galo e, assim, veio um bate-boca, que terminou com cartão amarelo para os dois.

No mesmo jogo, o craque do Brasileirão do ano passado, começou irreconhecível a competição. Era lance para gol, mas Bruno Henrique acabou acertando incrivelmente a trave.
Bruno Henrique, aliás,falou sobre essa jogada após a partida. E descartou qualquer problema com Gabigol, que pedia a bola, livre, na área.
E pra fechar o cardápio, Filipe Luís fez 35 anos em uma dia para ser esquecido dentro de campo. Afinal, foi logo ele que mandou contra a própria meta fazendo o gol contra que decretou a vitória do Galo.

A rivalidade eterna em Belo Horizonte

O assunto ainda é o Galo. Antes de vencer o Flamengo, o time é claro que não poderia deixar passar em branco uma zoação com o rival Cruzeiro, que estreou na Série B no último sábado.

Luxa lembra de Jorge Jesus e é cornetado por outro português

Da zoeira em Minas Gerais para a corneta em São Paulo. Logo após a conquista do Paulistão com o Palmeiras, o técnico Vanderlei Luxemburgo saiu em defesa dos treinadores brasileiros:

“Temos de mudar agora porque o Jesus veio aqui e ganhou uma Libertadores?”

O que Luxa não esperava que seria cornetado de volta. Após receber os parabéns do pentacampeão Rivaldo nas redes sociais pela taça conquistada, o ex-jogador português Luís Figo comentou na postagem e não teve dó do brasileiro.

FONTE: G1 

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
No data was found
No data was found
%d blogueiros gostam disto: