VINCI AIRPORTS: Grupo francês começa a administrar o Aeroporto de Porto Velho em janeiro de 2022

Empresa francesa venceu leilão e pretende reformar aeroporto da capital
Facebook
WhatsApp
Twitter
O Aeroporto Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho, já tem uma nova administração. A Vinci Airports chega à capital rondoniense em 2022. A empresa francesa venceu o leilão do Governo Federal em abril deste ano, que contemplou mais seis cidades da Região Norte.
A Vinci Airport confirmou com exclusividade ao Rondoniaovivo, que começa suas operações em janeiro do próximo ano. A expectativa é grande tanto por parte da empresa como dos usuários do aeroporto local.
Voos internacionais
Uma fonte ligada ao Rondoniaovivo, afirmou que existe a perspectiva de aeroporto começar a receber voos internacionais também em 2022. Isso porque, a administração privada não exige tantos termos burocráticos, o que facilita no alfandegamento do aeroporto. À reportagem, a Vinci não confirmou e disse que se pronunciará sobre este assunto após o início da administração.
A Portaria nº 4.961, publicada em maio deste ano no Diário Oficial da União, classificou por tempo indeterminado, o Aeroporto de Porto Velho como internacional alternado. Isso significa que agora o aeroporto já pode receber pousos não programados nos planos de voos de operações internacionais.
VINCI AIRPORTS: Grupo francês começa a administrar o Aeroporto de Porto Velho em janeiro de 2022
Aeroporto de Porto Velho já tem sistema Elo 
Isso quer dizer que o campo de aviação está preparado para o uso em casos de emergência. A medida é considerada de extrema importância para a internacionalização completa do aeroporto.
Visão aérea do Aeroporto de Porto Velho | Foto: Google Maps
O site Aeroin, especializado em notícias de aviação, afirmou que o Aeroporto Governador Jorge Teixeira seria a porta de entrada para toda a região. Outra informação do site, é que esse campo de aviação estaria se tornando importante rota de escoamento da produção agrícola brasileira para o Pacífico.
Reforma em 3 anos
Em agosto deste ano, o diretor presidente da Vinci Airports, Julio Ribas, anunciou em uma reunião com representante do grupo e de autoridades de Rondônia, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Rondônia (Fecomércio-RO), que os planos são de melhorar a infraestrutura com performances de adaptações mais sustentáveis para o aeroporto.
Aeroporto Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho 
Julio revelou que a administração pretende construir um hangar exclusivo para membros do Governo e militares. Além de reforma em todo o aeroporto em até três anos, trazendo uma visão maior de sustentabilidade.
O discurso na sede da Fecomércio, despertou a esperança de uma relação mais próxima com países vizinhos e impulsionando o turismo em nossa região.
Concessão
No Brasil, o grupo francês Vinci atua no Aeroporto de Salvador, na Bahia.
Aeroporto de Salvador, administrador pela Vince Airports
Ao vencer o leilão do Bloco Norte, que rendeu R$ 420 milhões para o Governo Federal, os franceses passam a administrar, além de Porto Velho, os aeroportos de Manaus, Tefé e Tabatinga, ambos no Estado   do Amazonas; Rio Branco e Cruzeiro do Sul no Acre; e Boa Vista, em Roraima.
O contrato destes aeroportos é de 30 anos com previsão de investimentos de R$ 1,48 bilhão e receitas de R$ 3,6 bilhões durante a concessão.
Fonte: rondoniaaovivo

Deixe um comentário

LATERAL – ANIVERARIO RADIO
Lateral – Imaral
Lateral 03. CPU – FINAL DE ANO RÁDIO
Lateral 03 – CPU – Dia Internacional da Mulher
Lateral3 – Feliz Ano Novo – Rádio
%d blogueiros gostam disto: