Único hospital de urgência e emergência de Guajará-Mirim, RO, é parcialmente interditado

Interdição foi feita após Município não cumprir melhorias apontadas pelo Cremero. Hospital não pode realizar novas internações por tempo indeterminado.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

O Hospital Regional de Guajará-Mirim (RO) foi parcialmente interditado nesta quarta-feira (27) pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero). Por tempo indeterminado, o único hospital de urgência e emergência da cidade não poderá realizar novas internações.

No início do mês, o Cremero realizou uma fiscalização no Hospital Regional. De acordo com o diretor de fiscalização do conselho, Lucas Levi Sobral, um relatório feito após as vistorias apontou que melhorias deveriam ser feitas, mas desde então nenhuma foi cumprida.

Além de não melhorar o que havia de melhorar, foi observado que inclusive houve uma piora em alguns setores. Então a gente não teve escolha senão interditar, visando sempre a segurança da população em geral”, comenta.

Ainda segundo o diretor, desde 2020 o Cremero fiscaliza o hospital e aponta irregularidades. Foram feitas reuniões com a prefeita do Município, Raíssa Bento, e com o secretário municipal de saúde, mas não houve resultado. Somente este ano, já foram realizadas três fiscalizações na unidade de saúde.

“Ele [o hospital] tem que melhorar em vários setores: Raio-X, ambulâncias, medicação, a própria estrutura de internação, recursos humanos e escala de médicos e servidores de maneira geral”, aponta.

Fonte: G1-RO

Deixe um comentário

No data was found
Lat. 02 – RADIO
Lateral 03 – Nov. Azul Radio
%d blogueiros gostam disto: