SEM CONVERSA – Arcebispo de Porto Velho determina que fiéis não vacinados sejam afastados de suas funções

Em Rondônia a exigência do “passaporte de vacinação” vem sendo alvo do deputado Eyder Brasil
Facebook
WhatsApp
Twitter

O Arcebispo Metropolitano de Porto Velho, Dom Roque Paloschi, assinou um documento protocolar proibindo membros da Igreja Católica em Rondônia de terem acesso às funções da Igreja caso não estejam com a vacinação contra a COVID-19 em dia.

De acordo com o Arcebispo, as orientações que o Papa Francisco vem fazendo nesses últimos meses aliadas com bispos da igreja Católica em todo o planeta fazem obrigatória essa determinação.

“Orientamos que, a partir da publicação deste, não seja admitido para desenvolver seu ministério em nossas comunidades catequistas, ministros da comunhão e da palavra, padres, diáconos, coordenadores de pastorais, movimentos, serviços e comunidade e demais agentes de pastoral que não estejam em dia com a vacinação da COVID-19”, afirmou o Arcebispo Dom Roque Paloschi.

No estado de Rondônia a exigência do “passaporte de vacinação” vem sendo alvo de políticos como por exemplo o deputado estadual Eyder Brasil (PSL) que pleiteia na Casa de Leis rondoniense a aprovação de um projeto de lei proibindo a obrigatoriedade da apresentação do comprovante de vacinação.

Recentemente em uma de suas redes sociais, o prefeito de Porto Velho Hildon Chaves (PSDB) informou que as atividades sociais estavam retomando a normalidade, porém, isso não acabaria com a necessidade de o cidadão comprovar a sua vacinação para frequentar ambientes com registros de grandes aglomerações.

Por enquanto, continua valendo a obrigatoriedade da vacina.

 

Fonte: JH NOTÍCIAS

Deixe um comentário

LATERAL – ANIVERARIO RADIO
Lateral – Imaral
Lateral 03. CPU – FINAL DE ANO RÁDIO
Lateral 03 – CPU – Dia Internacional da Mulher
Lateral3 – Feliz Ano Novo – Rádio
%d blogueiros gostam disto: