Sejus estuda retorno gradual de visitas nos sistemas prisional e socioeducativo de Rondônia

Está em análise que a retomada aconteça em setembro para o sistema socioeducativo e em outubro no sistema penitenciário. Até o momento, 479 detentos testaram positivo para a Covid-19 no estado.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

A Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) anunciou essa semana que projeta a retomada gradual de visitas nos sistemas socioeducativo e prisional de Rondônia. As visitas foram suspensas em março atendendo as recomendações do decreto de Calamidade Pública durante a pandemia da Covid-19.

Durante uma videoconferência entre o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, representantes da Sejus, Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e Judiciário, foi apresentada a proposta para retomada das visitas em setembro no sistema socioeducativo e em outubro no sistema penitenciário. A sugestão ainda deve ser avaliada.

A Sejus também informou que está em elaboração um plano “seguro de retorno das visitas”, que considerará recomendações de segurança sanitária da Sesau e Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa).

Foi adiantado que o plano deve incluir medidas para minimizar os riscos à saúde dos presos e servidores, estratégias de segurança na utilização de parlatórios, espaços abertos para visitação e medidas restritivas quanto a limitação de quantidade de pessoas e duração de visitas.

Segundo dados compilados até a última quarta-feira (19), em Rondônia 479 detentos já foram diagnosticados com o novo coronavírus e desses, 49 casos ainda estão ativos. Conforme a Sejus em Porto Velho 222 apenados foram infectados.

FONTE: G1 

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
LATERAL 02 – C.ALIANÇAS
No data was found
%d blogueiros gostam disto: