‘Se eu estivesse no comando do combate ao Coronavírus, não tinha morrido tanta gente’ diz Bolsonaro

Foto: Alan Santos/PR
Facebook
WhatsApp
Twitter

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, no último sábado (24), que se estivesse coordenando o combate à pandemia, o país teria registrado menos mortes.

O presidente citou o “tratamento precoce”, que não tem comprovação contra Covid-19 e defendeu a autonomia dos médicos.

“Se eu estivesse coordenando a pandemia não teria morrido tanta gente. Você fala de tratamento inicial. A obrigação do médico, em algo que ele desconhece, é buscar amenizar o sofrimento da pessoa e o tratamento off label”, afirmou.

Bolsonaro utilizou o fato de que o Supremo Tribunal Federal (STF) possibilitou que estados e municípios decretem medidas de combate à Covid, para justificar omissão na pandemia.

Durante a conversa com apoiadores, o chefe do Executivo federal ainda voltou a atacar vacinas.

“Agora, qual país do mundo faz acompanhamento de quem tomou vacina? Tem gente que está sofrendo efeito colateral, o que está acontecendo? A CoronaVac ainda é experimental e tem gente que quer tornar obrigatória”, afirmou.

De acordo com Bolsonaro, a vacina tem que ser “facultativa”. “Me chamam de negacionista por isso”, disse.

Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe um comentário

Imaral – lateral 01 – CPU
Smart Andrade – lat 02 – CPU
IMARAL – Laterall 03 – GIF – ANIVERSARIO
%d blogueiros gostam disto: