Rondônia é o segundo estado em mortes de adultos por COVID-19 no Brasil

Esse registro percentual só deixou Rondônia atrás do estado do Amazonas
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Um dado apontado pelo Ministério da Saúde alertou para uma nova fase da pandemia a partir de 2021, o aumento das mortes de infectados na fase adulta da vida de 0 a 60 anos de idade.
Em todo o país, no último mês de janeiro, um a cada quatro mortos por COVID-19 no último mês de janeiro está nessa faixa etária.
No estado de Rondônia, o registro de mortos com idade abaixo de 60 anos, no primeiro mês de 2021, foi de 37% do total. Esse registro percentual só deixou Rondônia atrás do estado do Amazonas, onde 40,4% dos mortos tinham até 60 anos de idade.
Ou seja, em dados percentuais o estado de Rondônia é o segundo no país em numero de mortes de pessoas fora do considerado grupo de risco etário.
Mortes avançam
Em Porto Velho, capital do Estado, foi perceptível o aumento das mortes de pessoas entre 20, 30 e 40 anos de idade.
A variante do vírus e o sistema de Saúde precário em toda a região Norte do país favorecem para esses dados, isso de acordo com o Infectologista Jaques Sztajnbok.
“Existem alguns fatores de risco para a letalidade, a idade é um deles. Quando começa a morrer muito jovem, entendemos que é uma parcela que não precisaria estar morrendo. Isso acontece porque as condições ideais de assistência não estavam disponíveis”, diz Jaques Sztajnbok.
Rondônia segue com todos os seus municípios integrando a Fase 1 do plano de contingenciamento do COVID-19, onde é proibido o consumo de bebidas alcóolicas na rua e apenas o funcionamento de 30% da capacidade do comércio, entre outras medidas restritivas e sanitárias.
FONTE: RONDONIAOVIVO

Deixe um comentário

Lat. 03 cpu, live
lat02-gif papo livre
No data was found
%d blogueiros gostam disto: