Prefeita diz que benefício de servidores da saúde é mamata

Raissa afirmou que vários servidores que não tinham direito estavam recebendo a gratificação
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
A prefeita de Guajará-Mirim (RO), Raissa Bento (MDB), se pronunciou em um vídeo publicado na noite da última terça-feira (9) sobre os 20% da gratificação que teria sido retirada de servidores da saúde.
Segundo ela, a sua gestão não retirou a gratificação de todos os trabalhadores, apenas uma parte dos profissionais tiveram o benefício suspenso por irregularidades que foram constadas pela prefeitura. “Quando nós fizemos uma breve análise, nós vimos várias irregularidades, várias ilegalidades, várias imoralidades. Como por exemplo, servidores que tinham direito de receber essa gratificação não estavam recebendo e servidores que não tinham direito estavam”, esclareceu.
Raissa garantiu apurar quem de fato merece receber o benefício, para assim voltar a pagá-lo. “Nós suspendemos essa gratificação, por que nós precisamos estudar e ver dentro da legalidade, quem de direito pode adquirir esse benefício”.
A prefeita disse ainda que não vai se intimidar quanto às ameaças e polêmicas envolvendo o seu nome.
Raissa afirmou que a suspensão da gratificação é para arrumar a prefeitura. “Tudo que a gente fizer vai ser sempre pensando no coletivo, não vai ser pensando em meia dúzia de beneficiados que estão desesperados por que estão perdendo a mamatinha”.
Na última segunda-feira (8), o secretário de obras do município e marido de Raissa, Antônio Bento, se envolveu em uma confusão com um servidor que colocou uma faixa na frente do Hospital de Regional pedindo a volta dos 20%.
FONTE: RONDONIAOVIVO

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
No data was found
No data was found
%d blogueiros gostam disto: