Prefeita de Ariquemes suspende vacinação de presos para atender primeiro os profissionais da educação

A prefeita de Ariquemes, Carla Redano - Foto: Rede Social/Facebook.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

A Prefeita de Ariquemes, Carla Redano, mandou suspender a vacinação contra covid-19 em presos do sistema prisional de Ariquemes. De acordo com a prefeita, quem deve ter prioridades para tomar a vacina são os profissionais da área de educação. O Plano Nacional de Imunização – PIN, do Ministério da Saúde, prevê que apenados tenham preferência para serem imunizados contra a Covid-19.

Para Carla Redano, a prioridade maior é vacinar os profissionais da educação e só depois os apenados. “Infelizmente isso está no Plano Nacional de Vacinação. Já vem preconizado pelo Ministério da Saúde. Mas sou totalmente contra, inclusive já mandei segurar, enquanto consultamos o jurídico, e o MP (Ministério Púbico) para saber quais as consequências que terei que enfrentar. A nossa intenção é vacinar os profissionais da educação ainda essa semana. E assim seguir o Plano Nacional de Vacinação, priorizando todos os grupos de trabalhadores e por últimos os presidiários”, escreveu a prefeita em sua rede social.

Para a prefeita, ela trata como lamentável e um absurdo dar prioridades de vacinas a presos e não aos trabalhadores. “Desde o inicio, estamos seguindo fielmente o plano de vacinação, e tomando todos os cuidados. Mas isso ai vai contra tudo o que sempre acreditei. É simplesmente um absurdo deixar de vacinar os trabalhadores, para vacinar presidiários. Lamentável e estou disposta a enfrentar as consequências para fazer o que acredito ser o correto”, concluiu.

Fonte:Jornal Rondoniavip

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
No data was found
No data was found
%d blogueiros gostam disto: