Polêmicas: Empresa que fornecia refeições no HB não pagou direitos trabalhistas, dizem funcionários

“Eles não pagaram o salário do mês, décimo terceiro, férias, nada"
Facebook
WhatsApp
Twitter
Um número em torno de 120 funcionários estão reivindicando o pagamento dos salários por parte da empresa Nutrimais, que fornecia alimentos para o Hospital de Base e outras unidades do Governo de Rondônia. Em um manifesto na Praça Aluízio Ferreira, região Central de Porto Velho, um grupo de empregadas conversou com o repórter William Ferreira ‘O Homem do Tempo’ na quinta-feira (19).
Segundo os funcionários, a empresa deixou de prestar serviços para o governo em agosto de 2021 e não fez o pagamento dos direitos trabalhistas.
Eles saíram e não nos pagaram o salário do mês, nem indenização trabalhista, décimo terceiro, férias e nada. Eles simplesmente sumiram”, conta uma funcionária que preferiu não se identificar.
Os ex-empregados contaram também que a empresa ainda não deu baixa na carteira trabalhista, o que impossibilita de eles serem contratados por outras firmas.
“Ninguém foi fazer serviço voluntário não, fomos porque precisamos do dinheiro. Eu só trabalhei para ela cinco meses, mas tem gente aqui que tem anos de firma: 12 anos, oito anos”, comentou outra funcionária.
Polêmicas 
A Nutrimais deixou de prestar serviços para o governo, após uma série de denúncias com relação ao fornecimento de comida. Em janeiro de 2021, os funcionários da empresa suspenderam os trabalhos e anunciaram greve por falta de pagamento dos salários. A paralisação deixou todos os pacientes que estavam no Hospital sem café da manhã.
Já em março do ano passado, a Nutrimais informou em nota, que iria suspender a alimentação da tarde para os pacientes e servidores, alegando falta de pagamento do valor do contrato, por parte do governo.
Nota divulgada pela empresa na época | Foto: Divulgação
Na época, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) respondeu aos questionamentos do Rondoniaovivo, informando que a empresa estaria deixando de entregar as documentações necessárias, por esse motivo não estava sendo feito o pagamento.
A situação piorou ainda mais em maio de 2021, quando uma guarnição da Polícia Militar foi acionada devido a uma nova paralisação dos funcionários por falta de pagamento dos salários.
Rondoniaovivo tentou contato com a Nutrimais, mas não conseguiu obter êxito. A reportagem também procurou o Governo de Rondônia para esclarecimentos sobre o caso, mas até a publicação desta reportagem, não foi respondida.
Fonte: Rondoniaovivo

Deixe um comentário

Anuncie aqui – Lat
Lateral 03. CPU – FINAL DE ANO RÁDIO
LATERAL – ANIVERARIO RADIO
%d blogueiros gostam disto: