PM manda reforço para verificar assassinato em área de conflito agrário e acha corpo carbonizado

Corpo foi achado após PM de Mirante da Serra (RO) ter reforço da polícia de Nova União (RO). Vítima identificada como Flaim Juvercino tinha 42 anos.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

O corpo de um agricultor foi encontrado carbonizado, neste fim de semana, perto do rio Urupá em Mirante da Serra (RO), a 400 quilômetros de Porto Velho. Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima de 42 anos foi assassinada e o local do crime é uma área de conflito agrário.

Ainda de acordo com a polícia, no final da tarde de sexta-feira (28) uma testemunha procurou o quartel para denunciar sobre um homicídio no Assentamento Padre Ezequiel.

Porém, para que os policiais de Mirante da Serra entrassem no local em segurança, a PM pediu reforço de outra viatura de Nova União (RO) e a ida dos PM’s para o assentamento só pôde acontecer na manhã do sábado (29).

Chegando ao local informado pela testemunha onde teria ocorrido o assassinato, a equipe visualizou vestígios de onde um corpo provavelmente estivera, às margens da estrada, porém o mesmo não estava mais ali.

Com a ajuda de parentes da vítima e moradores do assentamento, foram feitas buscas nas imediações e o corpo da vítima foi localizado depois das 15h no rio Urupá, na fundiária da propriedade onde morava o agricultor.

O corpo estava praticamente todo carbonizado, segundo a PM. Perto do cadáver não havia arma ou objeto que pudesse ter sido usado no crime.

A perícia foi chamada para averiguação do corpo e posterior remoção, enquanto a PM coletou as informações necessárias para o registro da ocorrência. Nenhum suspeito foi preso pelo assassinato.

A vítima foi identificada como Flaim Juvercino de Oliveira, de 42 anos.

Colaborou*: Rinaldo Moreira, da Rede Amazônica.

FONTE: G1

Deixe um comentário

No data was found
Lat. 02 – RADIO
Lateral 03 – Nov. Azul Radio
%d blogueiros gostam disto: