Policial militar da reserva morre por Covid-19 após duas semanas internado em Vilhena, RO

Valdenir Espoldira precisou ser entubado três dias depois da internação. Ele deixa esposa e um casal de filhos.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Valdenir Espoldira morreu em decorrência da Covid-19 em Vilhena. — Foto: Reprodução/Facebook

Valdenir Espoldira morreu em decorrência da Covid-19 em Vilhena. — Foto: Reprodução/Facebook

Após duas semanas lutando contra a Covid-19, o policial militar da reserva Valdenir Espoldira não resistiu e morreu nesta quarta-feira (9) em Vilhena (RO). Valdenir estava internado na Central de Atendimento à doença desde 25 de agosto.

Ele precisou de entubação três dias após ficar em observação médica.

Nas redes sociais, uma prima do policial militar da reserva, Gleice Almeida, relembrou emocionada a perda da mãe de Valdenir, que também ocorreu no mês de setembro. Cantou também uma música em homenagem à vítima.

“Deus está preparando para os seus filhos… e que nosso lar ñ é aqui… estamos de passagem… você meu primo “Valdenir” foi pra casa, morada eterna! Agora um sorriso eterno você terá ali. Um dia nos encontraremos outra vez…até lá ❤”, diz um trecho da declaração de Gleice ao primo.

Morador de Vilhena há mais de 20 anos, Valdenir começou a carreira como policial em Corumbiara e Cerejeiras. Ele deixa esposa e um casal de filhos.

Curva em ascensão

 

Rondônia registrou 637 novos casos de Covid-19 nesta quarta e 14 óbitos em decorrência da doença.

Com isso, o estado passa a ter 59.196 pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus e 1.207 vítimas fatais, de acordo com os dados disponibilizados em boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa).

FONTE: G1 

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
No data was found
No data was found
%d blogueiros gostam disto: