NA BALA: Polícia Federal é recebida aos tiros em casa de empresários durante operação

Lins teria buscado abrigo no Consulado da Suécia em Manaus
Facebook
WhatsApp
Twitter

Agentes da Polícia Federal que participam da Operação Sangria – que apura desvios de recursos federais destinados ao combate da Covid-19 no Amazonas – foram recebidos a tiros pelo filho do empresário Nilton Lins, suspeito de integrar o esquema. Lins teria buscado abrigo no Consulado da Suécia em Manaus.

“Teve um incidente bastante sério [em Manaus], em razão de ter sido um mandado de busca do ministro Francisco Falcão (do STJ), que é o relator, e a Polícia Federal foi recebida a tiros pelo filho do Nilton Lins. Foi uma situação bastante constrangedora e perigosa”, disse a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo. Não houve registro de vítimas ou feridos no incidente.

Lindôra disse, ainda, que o secretário da Casa Civil do Amazonas estaria foragido, mas citou o nome do secretário de Saúde, Marcellus Campêlo.

 

 

FONTE: BRASIL 247

Deixe um comentário

Imaral – lateral 01 – CPU
Smart Andrade – lat 02 – CPU
IMARAL – Laterall 03 – GIF – ANIVERSARIO
%d blogueiros gostam disto: