Ministério da Saúde afirma que falta a reincorporação de apenas 121 médicos cubanos ao Programa Mais Médicos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Assessoria

Dos 1.800 médicos cubanos, aproximadamente, que optaram em permanecer no Brasil após o rompimento do acordo entre Cuba e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em 2018, apenas 121 ainda não foram contratados, afirmou o Secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Raphael Câmara, em audiência por meio de vídeo conferência com o senador Confúcio Moura (MDB-RO), na quinta-feira (17).

De acordo com Raphael Câmara, o Ministério da Saúde chamará todos os médicos cubanos que estão na lista, com os respectivos registros profissionais para reincorporar ao Programa Mais Médicos. “Vamos chamar todo mundo. É só 121 mesmo que está faltando, e a gente, na próxima chamada, vai chamá-los também”, afirmou.

Lembrando que o senador Confúcio Moura foi o relator do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 25/2019 da Medida Provisória (MP) 890/2019, que criou o programa “Médicos pelo Brasil”, aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo Presidente em dezembro de 2019. No mês de março de 2020, o parlamentar encaminhou um ofício solicitando ao Ministério da Saúde a reincorporação de todos os cubanos ao Programa Mais Médicos.

Confúcio Moura disse que as informações da audiência foram positivas e que, por meio da sua assessoria, irá responder àqueles que estão demandando por notícias animadoras. Participou ainda da reunião, a diretora substituta do Departamento de Saúde da Família, Renata Oliveira.

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
LATERAL 02 – C.ALIANÇAS
No data was found
%d blogueiros gostam disto: