Marcos Rocha e Jaqueline Cassol podem formar parceria forte para 2022…

Sobre o Progressistas de Rondônia, não é descartada a possibilidade de uma coligação com o União Brasil. O partido que é comandando no Estado pela deputada federal Jaqueline Cassol, fecharia acordo para ter Marcos Rocha como candidato ao Governo e Jaqueline ao Senado.
Facebook
WhatsApp
Twitter
NADA A DIZER
Quando o assunto é Bolsonaro, a única certeza é não ter certeza de nada. Ambos os aliados de primeira hora dão informações controversas sobre decisões que o Presidente vai tomar. É curioso como o Messias consegue dar “tombo” entre seus pares.
DECISÃO
Para essa semana, a turma de indecisos espera um grande pronunciamento de Jair Bolsonaro anunciando sua nova sigla política. Aconselho sentarem para não cansar. É muito improvável que JB faça qualquer movimentação antes de fevereiro ou março.
FÔLEGO
Esse é um tempo razoável para que o Presidente consiga barganhar com os políticos. Eles conseguem o que querem e Jair assume com poderes ilimitados, exatamente do jeito que deseja.
ÚLTIMATO
Apesar de que o deputado André Fufuca (Progressistas-MA), que está respondendo pela Presidência Nacional do Partido Progressistas, teria dado um prazo até o fim dessa semana para que Bolsonaro decida se entra ou não no partido.
RONDÔNIA
Aliados de Rondônia que ficaram agarrados no pincel com a fusão do PSL e DEM já deveriam estar bem cientes de que Jair é exclusivo, e não adianta choramingar como fez o senador  Marcos Rogério logo após Luciano Bivar anunciar o governador Marcos Rocha como presidente do União Brasil, em Rondônia.
NEM AÍ
Jair Bolsonaro não parece ser alguém muito preocupado com a ética local e tomar decisões avaliando comportamento dos estados. Na verdade, quem quiser segui-lo que o faça, mas ele jamais vai abrir mão de suas pretensões.
NEM AÍ 2
Antes que a turma do “Deus Acima de Todos” acione os covardes de plantão para me chamar de esquerda, jornalista sem ética, sem moral e outras baboseiras, eu digo que o Messias está correto.
INTERESSES
É óbvio que os interesses da candidatura presidencial estão “acima de tudo”, o trabalho nos estados é que terá de ser ajustado conforme o que vier de Brasília. Outro aviso: Parem de mandar mensagem dizendo que o União Brasil é contra Bolsonaro. Não é verdade.
LIBERDADE
O partido nasceu para criar uma terceira via, buscar um candidato de consenso que possa fazer frente aos candidatos Lula e Bolsonaro, em 2022. Mas em nenhum momento houve manifestação pública de rompimento com Bolsonaro.
LIBERDADE 2
Tanto é que o governador  Marcos Rocha jamais se pronunciou contrário a uma decisão do seu ídolo, além disso não esconde de ninguém que em 2022 voltará a fazer campanha para Jair Bolsonaro. Tudo já combinado com a executiva nacional do União.
LIBERDADE 3
Mas e se o União Brasil realmente apresentar candidatura própria para presidente o que muda para Marcos Rocha? Nada. Acordos são feitos para ser cumpridos, embora no serviço público a palavra de um político vale menos que nota de 3 reais.
CAMINHO
De hoje até quinta, o deputado coronel Chrisóstomo e o empresário Jaime Bagatolli tem várias agendas em Brasília. Vãos discutir o alinhamento político com Bolsonaro em Rondônia e para qual partido devem migrar.
OPÇÕES
Com a extinção do PSL, Chrisóstomo não deverá ficar no União Brasil e Bagatolli tem convites de algumas legendas, como PTB e PP, que também poderiam ser a nova casa de Bolsonaro. O deputado é candidato à reeleição e o empresário deverá disputar uma vaga para o Senado Federal.
ALIANÇA
Sobre o Progressistas de Rondônia, não é descartada a possibilidade de uma coligação com o União Brasil. O partido que é comandando no Estado pela deputada federal Jaqueline Cassol, fecharia acordo para ter Marcos Rocha como candidato ao Governo e Jaqueline ao Senado.
BRAÇOS ABERTOS
Essa possibilidade significa portas abertas para eventuais candidatos a deputado federal. O ex-governador Daniel Pereira é um dos candidatos dos sonhos dos Progressistas. Daniel entraria na vaga de Jaqueline que está saindo para disputar o Senado.
MAIS UM
Outro bom nome do Progressistas para as eleições do ano que vem é o do Secretário Geral do Partido em Rondônia, Luís Paulo, que deve disputar uma vaga para a Assembleia Legislativa. Luís é um advogado bem conhecido na região do Cone Sul e tem feito um bom trabalho político ao lado de Jaqueline Cassol.
AUXÍLIO
O Mato Grosso do Sul recebeu 70 eletricistas dos vários estados onde a Energisa atua. Nove saíram de Rondônia para ajudar na reconstrução do Estado após a tempestade de areia que causou vítimas fatais e diversos estragos.
AUXÍLIO 2
A comunidade recebeu com entusiasmo o apoio dos profissionais. Os eletricistas Harison Paes Chaves e Maximiliano Carvalho Gois foram elogiados nas redes sociais de um morador de uma das comunidades atingidas.
Fonte: rondoniaovivo

Deixe um comentário

Imaral – lateral 01 – CPU
Smart Andrade – lat 02 – CPU
IMARAL – Laterall 03 – GIF – ANIVERSARIO
%d blogueiros gostam disto: