Maioria dos beneficiários usa auxílio emergencial para comprar comida, diz Datafolha

Pesquisa foi realizada em 11 e 12 de agosto, com 2.065 pessoas. Margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” no final da noite desta quinta-feira (13) mostra os seguintes percentuais para o uso dos R$ 600 do auxílio emergencial:

  • Compra de alimentos: 53%
  • Pagamento de contas: 25%
  • Pagamento de despesas da casa: 16%
  • Outras despesas: 4%
  • Compra de remédio/máscara/álcool em gel: 1%

 

A pesquisa foi realizada em 11 e 12 de agosto, com 2.065 brasileiros adultos que possuem telefone celular em todas as regiões e estados do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O instituto perguntou ao entrevistado se o auxílio emergencial é sua única fonte de renda.

  • Sim: 44%
  • Não/há outras fontes de renda: 56%

 

Uso do auxílio com comida, por grupos

 

  • Nordestinos: 65%
  • Mais pobres: 61%
  • Pessoas com menos instrução: 59%

 

Renda familiar mensal, segundo pedido ou não de auxílio

 

Até 2 salários mínimos

  • Sim: 54%
  • Não: 46%

 

Mais de 2 até 5 salários mínimos

  • Sim: 31%
  • Não: 69%

 

Mais de 5 até 10 salários mínimos

  • Sim: 11%
  • Não: 89%

 

Mais de 10 salários mínimos

  • Sim: 4%
  • Não: 96%

 

Escolaridade, segundo pedido ou não de auxílio

 

Fundamental

  • Sim: 44%
  • Não: 56%

 

Médio

  • Sim: 46%
  • Não: 54%

 

Superior

  • Sim: 22%
  • Não: 78%

 

Região, segundo pedido ou não de auxílio

 

Sudeste

  • Sim: 36%
  • Não: 54%

 

Sul

  • Sim: 34%
  • Não: 66%

 

Nordeste

  • Sim: 45%
  • Não: 55%

 

Centro-Oeste/Norte

  • Sim: 50%
  • Não: 50%

 

 

 

FONTE: G1

Deixe um comentário

Lat. 03 cpu, live
lat02-gif papo livre
No data was found
%d blogueiros gostam disto: