Em nota, Atlético-GO afirma que Jorginho se recusou a viajar e pede retratação do meia

Jogador contestou versão de que estaria com alto nível de desgaste, mas comunicado do clube vai além e afirma que atleta se negou a viajar e quer deixar o Dragão
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

A confusão entre o meia Jorginho e o Atlético-GO ganhou mais um capítulo na tarde desta quarta-feira, horas antes da partida do Dragão contra o Fluminense, às 19h15, no Maracanã, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta quarta, por meio de nota oficial, o Atlético-GO afirmou que Jorginho se negou a viajar para o Rio de Janeiro e que o jogador manifestou o desejo de deixar o clube.

Atlético-GO lamenta postura de Jorginho — Foto: Atlético-GO

Atlético-GO lamenta postura de Jorginho — Foto: Atlético-GO

O texto ainda cita que o clube “preferiu não divulgar os acontecimentos” para amenizar a situação. No entanto, partiu do próprio Dragão a iniciativa de ir a público e justificar a ausência de Jorginho por causa de sua condição física.

O Atlético-GO considera a atitude de Jorginho nas redes sociais precipitada e espera que o jogador se retrate. A situação deverá ser resolvida após o retorno da delegação rubro-negra para Goiânia nesta quinta-feira.

Confira na íntegra a nota do Atlético-GO:

“O Atlético Clube Goianiense vem por meio desta relatar os acontecimentos do dia 01/09/2020 envolvendo o atleta Jorge Moura Xavier.

O jogador treinou no período da manhã com todo elenco profissional do clube. Após o treino, quando tomou conhecimento da convocação, Jorginho relatou a alguns companheiros que não embarcaria com a delegação. A comissão técnica, após tomar ciência que o atleta não viajaria, tentou demovê-lo da decisão.

Sem sucesso, alguns membros da comissão técnica do clube levaram o jogador até a sala do Presidente Adson Batista. Jorginho confirmou que não viajaria com o grupo e relatou a intenção de deixar o clube. Ciente da história do atleta com a camisa atleticana, o Presidente Adson aceitou que o atleta não viajasse com a delegação.

Tentando amenizar a situação, o clube, inicialmente, preferiu não divulgar os acontecimentos, para que após o retorno a Goiânia, quinta-feira (03), pudesse ter uma nova conversa com o jogador.

O Atlético Goianiense entende que a atitude do atleta foi precipitada, inadequada, e espera que o mesmo reveja a sua decisão. Quanto a atitude impertinente que o atleta teve, principalmente ao expor toda a situação nas redes sociais, o clube aguarda do mesmo a sua retratação.”

Atlético Clube Goianiense

Jorginho não viajou para enfrentar o Fluminense — Foto: Paulo Marcos / Atlético-GO

 

 

 

FONTE: G1 

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
LATERAL 02 – C.ALIANÇAS
No data was found
%d blogueiros gostam disto: