ELEIÇÕES 2022/ A história aponta Raupp e Cassol como campeões de votos para o senado..

Pré-candidatos não faltam para a disputa que deverá ser uma das mais acirradas dos últimos tempos
Facebook
WhatsApp
Twitter

Ah, a História! De vez em quando a gente se engana, mas ela, a História, não perdoa e vem correndo nos corrigir.

Foi o que aconteceu com este Blog, em sua última edição, com uma informação totalmente fora da realidade, quando se escreveu que, em 2018, Marcos Rogério tinha sido recordista de votos para o Senado.

Nada mais longe da verdade. O campeão de votos na disputa de uma cadeira senatorial por essas terras de Rondon, foi Valdir Raupp, que teve nada menos do que 481.284 votos. Foi em 2010, reelegendo o conhecido político do MDB. Muito perto de Raupp, o segundo mais votado na Historia das eleições rondonienses, para Senador, foi outro ex-governador.

Ivo Cassol se elegeu também, somando 453.812 votos. Naquela eleição, a petista Fátima Cleide ficou na terceira posição, com 225.148 votos; o já falecido Agnaldo Muniz teve 187.477 votos e o quinto, o Pastor Aluízio Vidal.

Ou seja, repondo a verdade histórica: com os 324.939 votos que somou em 2018, Marcos Rogério teve apenas a terceira maior votação de um senador que Rondônia elegeu. O quarto mais votado ao Senado foi Acir Gurgacz, em sua reeleição de 2014, quando somou 312.614 votos. Relembrando ainda 2018, o segundo eleito ao Senado foi Confúcio Moura, com 230.361 votos e o terceiro Jaime Bagattoli, de Vilhena, até então praticamente desconhecido, na maioria das regiões do Estado, que teve 212.077 votos. Enfim, toda a verdade está reposta!

No ano que vem, Rondônia votará novamente, mas desta vez não para eleger dois, mas apenas um senador, para a vaga de Acir Gurgacz, que encerra seu segundo mandato. O próprio Acir pode tentar mais oito anos no Congresso, embora nesse momento, esteja com problemas legais e não se sabe se ele poderá concorrer.

Pré-candidatos não faltam para a disputa que deverá ser uma das mais acirradas dos últimos tempos. Já se colocaram como postulantes à vaga nomes poderosos como os do ex-governador Daniel Pereira; do ex-senador Expedito Júnior; da ex-senadora Fátima Cleide; do duas vezes prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires; da deputada federal Jaqueline Cassol; do empresário Jaime Bagattoli e do ex-senador e ex-ministro Amir Lando. Podem ainda entrar nesta lista que só cresce, dois deputados federais: Léo Moraes e Mariana Carvalho, além do prefeito Hildon Chaves, entre outros.

Qual desses políticos, muitos deles na vida pública há tantos anos, conseguirá cooptar para si a maioria do eleitorado rondoniense? Ah, essa resposta nem a inesquecível vidente Mãe Dinah saberia responder.

 

Fonte: Tudoemrondõnia

Deixe um comentário

LATERAL – ANIVERARIO RADIO
Lateral – Imaral
Lateral 03. CPU – FINAL DE ANO RÁDIO
Lateral 03 – CPU – Dia Internacional da Mulher
Lateral3 – Feliz Ano Novo – Rádio
%d blogueiros gostam disto: