DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

Todo o tratamento ao longo de um ano, irá custar R$ 34.800
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

A família da pequena Ana Cristina Dutra Menezes Dill, de apenas 02 anos e 07 meses, moradora de Porto Velho (RO) vem se mobilizando através de uma ação para arrecadar recursos e dar continuidade no tratamento dela.

Ela nasceu com encefalopatia crônica não evolutiva (ECNE), que é o resultado sequelar não progressivo de uma perturbação no sistema nervoso central, mais conhecido como Paralisia Cerebral.
BATALHA
A mãe da bebê, Tamara Dutra, contou que quando estava grávida de sete meses, sofreu um acidente de carro. Na mesma hora, levaram ela pra maternidade, fizeram ultrassom, ela teve que ser medicada e ficou de repouso.
Visto que estava tudo bem, os médicos liberaram ela para aguardar a data prevista para o parto. O parto foi normal e sem nenhuma indecorrência.
Após cinco meses do nascimento da filha, ela percebeu que havia algo errado. “Os movimentos que ela conseguia fazer no lado direito, ela não conseguia fazer no esquerdo. Na consulta mensal, comecei a questionar e mostrar vídeos para a pediatra e ela nos encaminhou para outros especialistas“, diz Tamara.
Ana Cristina Dutra Menezes Dill e a mãe, Tamara Dutra
Desde então, iniciou-se a investigação e foi diagnosticado que ela tem paralisia cerebral.
TRATAMENTO
Ana Cristina começou o tratamento desde muito novinha e os resultados vêm sendo bastante evolutivos. Acompanhada dos pais e dos profissionais, a bebê faz vários esforços que irão ajudar na sua movimentação.
Para que ela tenha um melhor desenvolvimento onde permita que ela consiga andar, Ana precisa fazer atividades, como: Integração Sensorial, Hidroterapia, Equoterapia, PediaSuit e Neuromodulação. Porém, o plano hospitalar cobre apenas Fisioterapia e Terapia Ocupacional.
Devido essa situação, os pais criaram a campanha “Meus Primeiros Passos” para custear todo os procedimentos.
Todo o tratamento ao longo de um ano, irá custar R$ 34.800. Os pais não tem condições de pagar, pois, o valor é alto e fora da realidade deles.
COMO AJUDAR
Para ajudar, basta fazer doações pela vakinha online ou uma quantia em dinheiro através de conta bancária e PIX, nas seguintes contas:
Caixa Econômica Federal
Agência: 0632
Conta corrente: 00025312- 4
PIX: 69992963822
(Tamara Dutra Menezes)
Agência: 0001
Conta corrente: 1773661-5
PIX: 69992001241
(Paulo Alberto Valentin Rodrigues Dill Costa)

Galeria de Fotos da Notícia

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

 

DIFICULDADES: Família pede doações para pagar tratamento de bebê com paralisia cerebral

Fonte: Rondonia vivo

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
LATERAL 02 – C.ALIANÇAS
No data was found
%d blogueiros gostam disto: