Dez anos depois, família vela jovem que desapareceu a caminho de casamento em RO; entenda

Restos mortais de Joice foram encontrados “por acaso”, anos depois do caso ser arquivado. Ela despareceu em 2013 e o caso foi investigado por anos até ser arquivado por falta de informações.
Facebook
WhatsApp
Twitter

Por Iury Lima, Rede Amazônica – Joice Barros — Foto: Família/Arquivo Pessoal

 

Familiares e amigos de Joice Barros devem velar, neste sábado (11), a jovem que desapareceu há mais de dez anos depois de sair de casa para o casamento casamento da tia em Vilhena (RO). Os restos mortais de Joice foram encontrados “por acaso”, anos depois do caso ser arquivado. Entenda:

Em setembro, um morador encontrou ossos humanos em seu quintal, enquanto fazia uma obra de expansão da residência. Esta semana, os exames de DNA comprovaram que os restos mortais pertencem à Joice Barros, que era considerada desaparecida desde o dia 18 de dezembro de 2013.

Na época do crime, não existia o bairro onde a residência está localizada. A região era uma área de mata.

Por mais de 10 anos, familiares aguardaram por respostas sobre o desaparecimento da jovem. Ela tinha 18 anos quando o crime aconteceu. Por anos, a polícia investigou o caso, mas nunca encontrou qualquer vestígio do paradeiro de Joice ou suspeito do crime.

Agora, a família lida com o luto e a tristeza e aguarda os desdobramentos do caso que foi reaberto pela polícia e tratado como homicídio. Os familiares devem velar e sepultar os restos mortais da jovem em Vilhena.

“São dois sentimentos: é um desfecho parcial descobrir o que aconteceu com a Joice, resposta que esperávamos há 11 anos. Agora falta a policia investigar para saber quem matou e fez isso com ela”, conta

 

 

Deixe um comentário

famacia da farmilia anigif
Sequência 01_1
No data was found