Confúcio Moura destaca nível elevado de audiência pública desta segunda-feira e afirma que os dados serão debatidos com Paulo Guedes

O senador enfatizou que a audiência pública remota teve uma participação enriquecedora de personalidades de grande conhecimento nacional e internacional que puderam levar para o debate elementos importantes neste momento de transição da economia brasileira.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Na audiência pública da comissão Covid-19 desta segunda-feira (24), que debateu os principais riscos fiscais e macroeconômicos da pandemia e as estratégias internacionais para o combate ao coronavírus, o presidente do colegiado, senador Confúcio Moura (MDB-RO), destacou a importância das discussões e afirmou que todos os dados serão discutidos com o ministro da Economia, Paulo Guedes, em audiência na próxima na segunda-feira (31).

O senador enfatizou que a audiência pública remota teve uma participação enriquecedora de personalidades de grande conhecimento nacional e internacional que puderam levar para o debate elementos importantes neste momento de transição da economia brasileira.

O parlamentar disse que a comissão tem um dever de casa  para realizar, cauteloso, mas necessário de ser executado. Afirmou ainda que irá trabalhar esse ano de calamidade pública já pensando no Brasil com as suas dificuldades para superar as suas contas feitas agora, no presente, seus desequilíbrios fiscais, e avançar numa pauta de fortalecimento, principalmente, da educação e na área da justiça social.

Confúcio Moura lembrou que esta Comissão é a única em funcionamento, desde março, no Congresso Nacional. “É para vocês observarem que a expectativa sobre essa questão de ajuste, de equilíbrio fiscal, de todos os indicadores econômicos e também de saúde pública recai sobre nossos ombros neste momento”, pontuou.

Participaram do debate com os membros do colegiado a representante do Fundo Monetário Internacional (FMI), Joana Pereira; o coordenador de Operações em Economia, Governança e Desenvolvimento do Banco Mundial, Rafael Muñoz; o representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Morgan Doyle;   o ex-diretor-executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), Paulo Nogueira Batista Júnior; e o diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI), Felipe Salto.

Deixe um comentário

CPU Lateral, Dias das Crianças
No data was found
No data was found
%d blogueiros gostam disto: