Cobra píton albina de mais de 2 metros é capturada dentro de casa, em Aparecida de Goiânia

Segundo biólogo, a espécie é de origem asiática ou africana, não é peçonhenta e pode ter sido trazida clandestinamente para o Brasil. Delegacia de Repressão a Crimes Ambientais deve investigar o caso por suspeita de tráfico de animais.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

O Corpo de Bombeiros capturou uma cobra píton albina de mais de 2 metros dentro de uma casa localizada no Setor Aeroporto Sul, em Aparecida de Goiânia. De acordo com o biólogo Edson Abrão, a espécie é de origem asiática ou africana e é rara no Brasil, podendo ter sido trazida de forma clandestina. Vídeo mostra o animal depois da captura (veja acima).

“É uma píton albina, ela é exótica, não é do Brasil, é uma serpente da África ou da Ásia. Pode ter escapado de algum cativeiro. Provavelmente foi comprada filhote e trazida clandestinamente para cá. O filhote dela custa entre até R$ 3 mil, uma deste tamanho pode valer R$ 15 mil”, explicou.

 

O resgate aconteceu na tarde da quinta-feira (10). Segundo os militares, a dona da casa estava no quintal quando viu a cobra e acionou a corporação.

O biólogo ainda explicou que todas as serpentes possuem veneno, mas nem todas conseguem injetar nas presas, é o caso da píton albina.

“Apesar dela ter veneno, ela não é peçonhenta. O macho não difere da fêmea. Vive como uma sucuri ou jiboia, mata por estrangulamento”, explicou Edson.

 

Segundo o delegado Luziano Severino de Carvalho, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), o caso deve ser apurado para saber se existe a possibilidade do crime de tráfico de animais em Goiás.

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
No data was found
No data was found
%d blogueiros gostam disto: