Ciro Nogueira, que deve assumir Casa Civil do governo Bolsonaro, participou de comícios com Haddad em 2018

Presidente do PP, Ciro foi contra a orientação de seu próprio partido - que apoiou Geraldo Alckmin, do PSDB - na última eleição presidencial
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

247 – O senador Ciro Nogueira (PP-PI) tem tido seu passado recente de apoio ao PT revelado após o anúncio de que deverá assumir o Ministério da Casa Civil do governo Bolsonaro. Em 2018, Ciro chegou a participar de comícios da campanha de Fernando Haddad à presidência, estando do lado oposto de Jair Bolsonaro.

Presidente do PP, Ciro foi contra a orientação de seu próprio partido – que apoiou Geraldo Alckmin, do PSDB – na última eleição presidencial. Na ocasião, após o TSE barrar a candidatura do ex-presidente Lula, Ciro disse que ficaria com Lula “até o fim”, migrando então seu apoio a Haddad, com quem posou para fotos.

Nesta quarta-feira (21), também viralizou um vídeo em que Ciro, numa entrevista em 2017, chama Bolsonaro de “fascista” e rasga elogios a Lula, segundo ele “o melhor presidente da história”. “Não me vejo votando contra o Lula por tudo o que ele fez, tudo o que ele tirou de miséria do povo”, diz.

O rompimento do senador com o PT se deu no ano passado, com o início da aproximação de Bolsonaro com o Centrão, ocasião em que o parlamentar declarou oposição ao governador de seu Estado, o petista Wellington Dias.

@BlogdoNoblat

Fidelidade é isto! À esquerda de Haddad, que visitou Teresina, o senador Ciro Nogueira, presidente do PP, partido que apoia Alckmin e que indicou a vice dele.

Image

Fonte: 247 

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
LATERAL 02 – C.ALIANÇAS
No data was found
%d blogueiros gostam disto: