CEPA COLOMBIANA: Variante que matou pessoas vacinadas na Bélgica é encontrada em Rondônia

Governo identificou a variante em três pessoas
Facebook
WhatsApp
Twitter
O governo de Rondônia em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) identificou na última semana, três pessoas infectadas com a nova variante B.1.621 da Colômbia, aqui no Estado. A cepa é uma preocupação para a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Segundo o secretário Estadual de Saúde, Fernando Máximo, as três pessoas identificadas com o vírus já se recuperaram e não desenvolveram sintomas graves.
Máximo argumentou que o número de contaminação desta variante ainda é baixo em Rondônia, em razão a alta transmissão da P1, cepa do coronavírus identificada no Amazonas.
Os três pacientes estão curados e isto pode se dever ao fato de que nós tivemos muitas pessoas em Rondônia com a variante P1, que ainda está em estudo, mas isso pode ser um fator de proteção”, declara.
Morte na Bélgica
Na última semana, a equipe de virologia da  Universidade de Leuven na Bélgica, anunciou a morte de sete pessoas que já estavam vacinadas, mas foram infectadas com a variante colombiana e morreram. A idade das vítimas oscilava entre 80 e 90 anos e elas já tinham tomado a segunda dose da vacina.
Até o momento, cientistas não sabem se a cepa tem caráter mais transmissível ou não.
O secretário Fernando Máximo disse que o Estado vai ficar monitorando esses casos.
A reportagem questionou o governo, se essas pessoas que foram contaminadas em Rondônia, estavam vacinadas, mas até o momento não obtivemos respostas.
Fonte: Rondoniaovivo

Deixe um comentário

Imaral – lateral 01 – CPU
Smart Andrade – lat 02 – CPU
IMARAL – Laterall 03 – GIF – ANIVERSARIO
%d blogueiros gostam disto: