Bolsonaro terá que tomar vacinar ou fazer PCR para posse de Mendonça no STF

Jair Bolsonaro terá que se vacinar ou fazer um teste PCR para entrar no STF para a posse de André Mendonça, em 16 de dezembro
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Jair Bolsonaro terá que se vacinar ou fazer um teste PCR para entrar no STF para a posse de André Mendonça, em 16 de dezembro. A determinação é a mesma para qualquer pessoa que queira entrar no Supremo.

O teste PCR, que deve ser a opção de Bolsonaro, que até hoje diz não ter se vacinado, deverá ser feito nas 72 horas antes da posse.

Na terça-feira (30/11), um dos advogados de Flávio Bolsonaro, Fred Wassef, foi impedido de entrar no STF por não apresentar o certificado de vacinação.

Em novembro, o Palácio do Planalto impôs sigilo de até 100 anos aos exames de anticorpos de Covid-19 feitos por Jair Bolsonaro. O presidente alega, sem base científica, que não se vacinará porque os resultados dos testes apontam que ele apresenta taxa de imunoglobulina suficiente para protegê-lo contra o coronavírus. A decisão reforçou a suspeita de que Bolsonaro pode já ter se imunizado ou contraído a doença novamente, sem divulgar essas informações.

Por Guilherme Amado

Fonte: Metrópoles

Deixe um comentário

No data was found
lateral02  -Arjore
Lateral3 – Feliz Ano Novo – Rádio
%d blogueiros gostam disto: