Bandidos de Monte Negro são presos após roubar e matar homem em Ouro Preto

Criminosos foram presos em Jaru após uma perseguição policial.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

A Polícia Militar de Ouro Preto do Oeste registrou na manhã deste sábado (30), por volta das 11h26, um roubo seguido de morte praticado por três criminosos. Eles também levaram uma caminhonete e uma motocicleta. Minutos depois, os autores do latrocínio foram presos em Jaru, onde foram recuperados os veículos, vários objetos e apreendida a arma utilizada no crime. Os suspeitos são moradores de Monte Negro disse a polícia.

Segundo a polícia, o pedreiro Alex Avancini de Oliveira, 40 anos, encontrava-se em frente a sua residência, localizada na rua Adélia Luz Coelho, bairro Amazon Park, lavando sua caminhonete, uma Chevrolet S10 prata, placa NJG-2644, quando foi surpreendido por três criminosos, sendo que um deles portava uma arma de fogo tipo garrucha. Os bandidos anunciaram o roubo e, em seguida, levaram a vítima para dentro da residência, onde se encontrava sua esposa.

Ainda conforme o que consta no boletim de ocorrência, durante o roubo, a vítima reagiu ao assalto, momento em que um dos criminosos, que estava de camisa branca, o segurou e outro, de camisa vermelha e bigode, sem dó nem piedade, efetuou um disparo que atingiu o pedreiro, que foi a óbito no local.

Os marginais subtraíram vários objetos pessoais, uma motocicleta Yamaha YBR 150 Factor ED vermelha, placa NCT-2492 e uma caminhonete Chevrolet S10 prata, placa NJG-2644. Em seguida, utilizando a caminhonete, fugiram no sentido município de Jaru. A motocicleta foi abandonada às margens da BR-364, cerca de 10 quilômetros distante da cidade de Ouro Preto do Oeste. A esposa da vítima entrou em choque e teve que ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar.

Após o latrocínio, os policiais de Ouro Preto do Oeste imediatamente informaram à Polícia Militar de Jaru que os assaltantes fugiram em direção àquela cidade utilizando a caminhonete da vítima. Após uma guarnição do 8° Batalhão avistar o veículo, passou a realizar acompanhamento com apoio do serviço reservado da PM. Foram efetuados dois disparos de pistola calibre .40, vindo a atingir um dos pneus traseiros da camionete, o que contribuiu para interceptá-los na esquina da rua Brasil com Rua Marechal Rondon, em frente ao Supermercado Tai Max.

Os assaltantes, ambos moradores do município de Monte Negro, foram encaminhados a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), de Jaru, juntamente uma arma de fogo tipo garucha calibre .20 com coronha de cor amarelada, além de vários documentos de identificação em nomes de várias pessoas e um porta jóias com várias jóias de cor amarelada, bem como a caminhonete da vítima.

Eles informaram que, durante a fuga, abandonaram os veículos que utilizaram para chegar até o local do crime, uma motoneta C100 Biz de cor azul, placa NBV-5924 e uma Honda CG 125 Fan de cor preta, placa NDZ-4705. A polícia constatou que a placa da CG havia sido adulterada com fita isolante de cor preta, ficando com a numeração NDZ-4788. Disseram também que abandonaram uma jaqueta camuflada e uma bolsa com um cartucho calibre 20.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Niki Alves Locatelli, os criminosos haviam planejado assaltar a residência de um policial militar. Porém, erraram o endereço e acabaram praticando o roubo em uma casa próxima, onde morava o pedreiro, que foi a óbito em decorrência do tiro. Ao serem presos, os ladrões disseram que sabiam que a vítima era policial e tinham conhecimento de que havia arma na residência.

Noite de terror em Monte Negro

Na noite da última quarta-feira (27), dois bandidos armados com uma garrucha provocaram uma noite de terror em Monte Negro.

Os bandidos roubaram uma motocicleta e realizaram um arrastão pelas ruas da cidade, com roubos e tiros em via pública. Um homem que foi abordado pelos criminosos acabou sendo baleado e foi socorrido ao hospital em estado grave.

Após cometer os crimes, os bandidos fugiram e não foram localizados pela Polícia Militar. Duas guarnições da PM de Ariquemes foram deslocadas para Monte Negro para reforçar na segurança.

Veja vídeo do exato momento da prisão dos suspeitos em Jaru:

Fonte: Jornal Rondoniavip com Gazeta Centra

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
No data was found
No data was found
%d blogueiros gostam disto: