Aruká Juma: veja repercussão da morte do indígena

WWF Brasil, Funai, Sonia Guajajara, Leandra Leal e várias organizações indígenas lamentaram morte.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

Ativistas, artistas, parentes indígenas e organização não governamentais lamentaram a morte de Aruká Juma. O indígena morreu vítima da Covid-19 na quarta-feira (17) em Porto Velho. Ele era o último homem guerreiro do seu povo.

Sonia Guajajara, coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasi

Leandra Leal, atriz

Greenpeace Brasil

Fundação Nacional do Índio (Funai)

Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab)

Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé

 

WWF Brasil

Instituto Socioambiental

 

Coletivo Rondônia

FONTE: G1

Deixe um comentário

Lat. 03 cpu, live
lat02-gif papo livre
No data was found
%d blogueiros gostam disto: