Após ser diagnosticado com Covid-19, secretário de Saúde de RO, Fernando Máximo, trata hepatite medicamentosa

Informação foi divulgada pelo secretário e pela Sesau em redes sociais nesta quarta-feira (5). Fernando recebeu alta médica no final de julho e se trata em casa.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter

O secretário de Saúde do Estado, Fernando Máximo, informou em suas redes sociais nesta quarta-feira (5) que está se recuperando da Covid-19, e de complicações da doença, em casa. Fernando foi diagnosticado com o novo coronavírus no início do mês passado.

No dia 10 de julho, o secretário precisou ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Porto Velho com sintomas como falta de ar. Dez dias depois, recebeu alta da terapia intensiva, mas continuou internado para o tratamento da doença. No final do mês, Máximo foi liberado para continuar se tratando em casa.

Segundo informou em postagens nas redes sociais nesta quarta (5), o secretário desenvolveu complicações durante o tratamento da Covid-19, como hepatite medicamentosa. Também disse que está em casa, fazendo fisioterapia e se medicando.

A informação também foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Confira nota divulgada pelo secretário Fernando Máximo:

“Olá, amigos e amigas.

Eu tive algumas complicações da Covid, como, por exemplo, uma hepatite medicamentosa e as estou tratando.

Estou numa nova fase da recuperação, em casa, fazendo fisioterapia, tomando medicamentos e me recuperando gradualmente.

Eu agradeço a todos os que fizeram e ainda fazem orações, enviaram mensagens de estímulo e torceram por minha recuperação e desejo que Deus os abençoe abundantemente, assim como a seus familiares.

Que Deus nos livre desta pandemia.”

FONTE: G1

Deixe um comentário

CPU, LATERAL, ANUNCIE AQUI
LATERAL 02 – C.ALIANÇAS
No data was found
%d blogueiros gostam disto: